23/02/2011

VISITANTE ILUSTRE NO JAPERI GOLFE


A rotina de treinos da Escola de Golfe de Japeri, na Baixada Fluminense, foi alterada ontem à tarde por uma visitante ilustre. Acompanhada pela presidente do clube, Vicky Whyte, a profissional carioca, Maria Cândida Hannemann, viveu uma tarde especial. Ela visitou o campo, ministrou uma clínica de golfe e distribuiu elogios ao projeto.
Maria Cândida é conhecida como Candy. A trajetória dessa profissional começou cedo no esporte. Aos nove anos, ela deu suas primeiras tacadas. No Rio, aos 11, era uma das alunas do profissional Rafael Navarro, no Gavea Golf & Country Club. Posteriormente, foi apontada como uma das grandes promessas do esporte, até conquistar uma bolsa na academia da IMG destinada à formação de atletas. Em 2003, já como profissional, Candy conseguiu se classificar para disputar o circuito da Ladies Professional Golf Association (LPGA). Após ficar em 3º lugar entre as 300 competidoras do Futures Tour – o torneio de acesso à liga profissional. Com a desistência de Ângela Park de jogar as seletivas do LPGA no final do ano passado, Candy passou a ser a única brasileira com direito de jogar o Tour em 2011.
Em 2009, na edição do LPGA no Brasil, realizada no Itanhangá Golf Club, Candy teve o primeiro contato com os alunos da Escola de Golfe de Japeri, que foram acompanhar de perto do desempenho das profissionais no Rio de Janeiro.
Quase dois anos depois, o contato ficou mais estreito. Com a visita, a profissional carioca passou um pouco de sua experiência, ministrando clínicas sobre grip e stance aos alunos. E não faltaram elogios. Kely Simoni, campeã da primeira etapa de 2011 do Circuito Carioca Juvenil, foi elogiada pela eficiência do swing. O campo também recebeu atenção especial de Candy, que ficou encantada com a qualidade dos greens.
A partir de agora, Candy Hannemann ingressa no quadro de visitantes ilustres da Associação Golfe Público de Japeri. Há quatro anos o esporte passou a fazer parte da vida de muitas crianças do município de Engenheiro Pedreira, em Japeri. Graças ao projeto social, as crianças recebem aulas de golfe, alimentação, acompanhamento de estudos, aulas de golfe e principalmente, a perspectiva de um futuro melhor num dos lugares mais pobres do Estado do Rio.
Aberto de sucesso – Um bom exemplo do sucesso do projeto é o Aberto do próprio Japeri Golfe, que com apenas três edições já recebeu alguns dos melhores golfistas do Rio de Janeiro jogando ao lado dos alunos da Escola de Golfe. A quarta edição está marcada para o dia 26 de março.