21/03/2013

Tudo pronto para o XV Aberto de Búzios


O XV Aberto de Búzios, que será jogado nos dias 23 e 24 de março, no Golf Club de Búzios, na Região dos Lagos (RJ), segundo torneio do ano válido para o ranking estadual, promete uma disputa acirrada entre alguns dos melhores jogadores fluminenses. A edição tem o patrocínio máster da Prefeitura de Búzios, através da Secretaria de Turismo e da Secretaria de Esportes e Lazer.
CLIQUE AQUI E CONFIRA O HORÁRIO DE SAÍDA DE SÁBADO (DIA 23)
Cristian Barcelos, Daniel Ishii e Anderson Nunes, três dos cinco jovens que quebraram o jejum de 12 anos e deram ao Rio de Janeiro o título do Interfederações de 2012, realizado em Búzios, no começo de setembro, estão entre os favoritos ao título. Tacashi Ishii, capitão do selecionado, também joga o torneio.
Com a ausência do atual campeão e líder do ranking fluminense, Eduardo Vasconcellos, do Gavea, o júnior Cristian Barcelos, do Japeri, será o único inscrito com chances de se tornar o número 1 do Rio de Janeiro após o Aberto de Búzios. Daniel, do Teresópolis, número 3 do ranking nacional e estadual, em caso de vitória ficaria atrás do líder por 8 pontos. Outros destaques do torneio são Leonardo Kitahara, Felipe Hsu e Rafael Ventriglia, do Itanhangá; Anthony Talbot e Cláudio Vasconcellos, do Gavea; e Tim Shooter, do Springwater Golf Club, na Inglaterra.
Na competição feminina, Marleuza Cunha, do Gavea, atual vice-campeã do Aberto e líder do ranking estadual, terá concorrência de Cinara Conrado e Giulia Mallmann, do Itanhangá; e Vicky Whyte, do Gavea.
Patrocínios – Além do patrocínio máster da Prefeitura de Búzios, através da Secretaria de Turismo e da Secretaria de Esportes e Lazer, o Aberto de Búzios também conta com o apoio da Federação de Golfe do Estado do Rio de Janeiro (FGERJ) e tem o patrocínio individual da MS Logística, da JC Fragoso, Intersea Ambiental e da Copa Airlines. Os hotéis oficiais do evento são o Hotel Atlântico Búzios e Travel Inn Apa Pau Brasil, com tarifas especiais aos participantes.
Golf Club de Búzios – Projetado pelos arquitetos Pete e Perry Dye, da Dye Designs, e sob a coordenação de Don Eudes de Orleans e Bragança, o percurso possui mais de 1.000.000 m2 de área verde com 18 buracos, vales e elevações à beira de lagos.
Famoso por seus fortes ventos e considerado um dos mais difíceis do Brasil, o campo de Búzios já sediou duas competições profissionais. A primeira, em 2000, vencida por Ricardo Góes. Onze anos depois, o paraguaio Nilson Cabrera foi o campeão da Copa Búzios de Golfe, etapa do CBG Pro Tur.
A edição 2013 do mais tradicional torneio do clube buziano marca ainda a inauguração do novo green do buraco 17, que estava em reforma para mudança da grama para a tifton, já visando a adequação do campo para a vinda de equipes que possam utilizar o espaço no período pré-olímpico.