18/07/2013

Rafael Becker consegue classificação para jogar o US Amateur


O paulista Rafael Becker garantiu sua classificação para jogar no 113º US Amateur, o mais antigo major do golfe americano, ao vencer na última quarta-feira a seletiva disputada no Wichita Country Club, no Kansas, que dava duas vagas para o torneio, com 51 jogadores em campo. Becker jogou 67 e 63 tacadas, 12 abaixo do par, em voltas pela manhã e pela tarde, tendo como caddie o amigo André Tourinho, que no último final de semana o derrotou por uma tacada e impediu que ele conquistasse o tetracampeonato brasileiro.
As seletivas do US Amateur deste ano reuniram 7002 jogadores para um total de 312 vagas no torneio principal, uma relação de 22,5 jogadores por vaga. Agora, Becker terá uma longa semana pela frente no US Amateur a ser jogado de 12 a 18 de agosto em dois campos de Brookline, Brookline, em Massachusetts, United States, a oeste de Boston. O torneio começa com dois dias de stroke play, em dois campos – The Country Club e Charles River Country Club – com apenas o 64 primeiros se classificando para a fase eliminatória em match play. Desta vez são apenas 4,9 jogadores por vaga, para chegar à fase decisiva.
Brasileiros no US Amateur – O último brasileiro a chegar à fase de Match Play do US Amateur foi o gaúcho Fernando Mechereffe, em 2002, quando a competição foi no Oakland Hills CC em Michigan. Ele somou 141 (74-67) tacadas para se classificar em 28º lugar, antes de perder na primeira rodada do match play. E o último brasileiro a jogar no US Amateur foi Tomaz Pinheiro, em 2012, quando ele jogou 81 e 74 no Cherry Hills Country Club, terminou em 265º lugar e não passou para o Match Play.
"Esse é um resultado muito importante para minha carreira", comemora Becker, que encerrou a carreira no golfe universitário no primeiro semestre, mas ainda tem uma matéria pendente para se formar na Wichita State. "Esse é o maior torneio do mundo", dia o brasileiro, empolgado com a ideia de jogar no evento em que Bobby Jones completou o Grand Slam, em 1930, e que Tiger Woods venceu três vezes consecutivas, antes de virar profissional.
Amizade – Becker havia chegado para o Amador do Brasil, na semana passada, no Paraná, como um dos Top 100 do ranking mundial de golfe amador e franco favorito para se tornar o quarto tetracampeão da história do torneio. Mas acabou perdendo o título por uma tacada para o amigo Tourinho, que comentou, enquanto ainda comemorava o título inédito de campeão brasileiro, que estava muito feliz por ele, mas triste pelo amigo Becker.
Becker também ficou triste por não ter conseguido o título, mas depois ficou feliz pelo amigo. "Eu percebi o quão importante a vitória foi pra ele também", diz Becker sobre Tourinho, que até então não tinha resultados importantes na carreira. Uma amizade como essa terminou com Tourinho indo por conta própria para Wichita para ser o caddie do amigo na seletiva.
Classificação – "O Tourinho foi muito importante para minha classificação" diz Becker. "Foi muito legal ter o Tourinho na minha bolsa!". Pela manhã, Becker saiu pelo buraco 10 e jogou uma acima de ida, com birdie no 15 e bogeys no 14 e 17. Mas ele reagiu com cinco birdies – buracos 2, 5, 6 7 e 9 – para jogar 67, quatro abaixo do campo do Wichita CC, que tem três buracos do par cinco e quatro de par 3.
Mas Becker só garantiu a vaga à tarde, com uma volta excepcional de 63 tacadas, oito abaixo, onde jogou quatro abaixo de ida, com birdies no 2, 4, 6 e 9, e quatro baixo de volta, com birdies no 11 e no 12, bogey no 13, eagle no 16 e birdie no 17. Ou seja, jogou três abaixo nos três buracos finais para garantir a vaga para Brookline, um campo que ele ainda não conhece. 
Desafio – Becker vai jogar o US Amateur, em menos de um mês, no The Country Club, de 7.310 jardas e par 70 (34-36) e no Charles River Country Club, de 6,574 jardas e par 70 (35-35). O Country Club, inaugura em 1893 com seis buracos, tem hoje 27 buracos, com três voltas de nove, os últimos desenhados em 1927 e chamados de Primrose. Para o US Amateur será usado um mix de buracos que inclui três e meio do Primrose, conforme revisão do campo que Rees Jones fez para o U.S. Open de 1988. Recentemente Gil Hanse, o designer do campo olímpico do Rio, remodelou o percurso. O Charles River Country Club foi desenhado por Donald Ross e abriu em 1921.
Becker deve encontrar, segundo proposta da USGA, que organiza o US Amateur, o Country Club com greens entre 10,5 pés e 11 pés de velocidade no Stimpmeter, e um primeiro corte de rough com largura de 15 a 20 pés com grama cortada a três polegadas, antes de chegar à grama mais alta, com 4 ou cinco polegadas. No Charles River a velocidade dos greens deve estar entre 10,5 e 11,5 pés, com um rough primário de 3,5 polegadas.
Programa – As rodadas de stroke play serão jogadas dias 12 e 13 de agosto, segunda e terça-feira. Os 64 classificados para o match play jogam seis rodadas eliminatórias de quarta a domingo, com a final em 36 buracos. O campeão ganha uma medalha de outro, a posse transitória do Havemeyer Trophy e convite para jogar o Masters do ano seguinte, desde que permaneça como amador. Entre os outros campeões do US Amateur estão Arnold Palmer, Jack Nicklaus, Lanny Wadkins, Craig Stadler, Jerry Pate, Mark O`Meara, Hal Sutton e Phil Mickelson.

Fonte: Portal Brasileiro do Golfe (golfe.esp.br)