19/10/2013

Quatro estrangeiros lideram o Aberto do Brasil de Golfe


Embolou tudo na disputa pelo título do 60º Aberto do Brasil de Golfe apresentado por Credit Suisse Hedging-Griffo, que termina neste domingo no Gavea Golf, no Rio de Janeiro, com uma premiação de US$ 150 mil. Quatro estrangeiros chegam à final empatados em primeiro lugar.
Os argentinos Alan Wagner e Gustavo Acosta e os americanos Kc Kim e Ryan Blaum somam 199 tacadas, ou – 8 em relação ao par do campo. Logo atrás aparecem dois atletas com 201 tacadas (-6): o americano Bronson Burgoon e o colombiano Andres Echevarria. 
"Foi um jogo cheio de altos e baixos. Comecei mal, mas depois me recuperei", disse Wagner. "Tudo pode acontecer na final, pois o campo é bastante difícil" disse Blaum.
A disputa promete, pois há ainda seis competidores com 202 tacadas (-5), ou seja, a apenas três tacadas dos líderes – nesse grupo estão os brasileiros Alexandre Rocha, Philippe Gasnier (líder do torneio na primeira rodada) e Ronaldo Francisco (líder na segunda rodada). "Na segunda rodada não joguei bem, mas me recuperei na rodada deste sábado", disse Rocha, primeiro brasileiro a ganhar mais de US$ 1 milhão em circuitos ligados ao PGA Tour.
A final acontece neste domingo a partir das 7h30. O último grupo entra em campo às 12h40. O término do campeonato está previsto para as 16h30. Os convites para o público são gratuitos e haverão aulas de graça para a população das 12h às 14h.
O Aberto do Brasil faz parte da NEC Series – PGA Tour Latinoamérica, a principal série de torneios de golfe do continente, que dá vagas para o Web.com Tour, o circuito de acesso ao PGA Tour americano.
Os resultados e horários de saída do Aberto do Brasil estão disponíveis AQUI.
O evento tem o patrocínio máster da Credit Suisse Hedging-Griffo e patrocínio da Embrase, Sete Brasil, Sportv, Zurich Seguros, Klabin e YKP. O relógio oficial é Rolex e o café oficial é Nespresso. A operadora oficial é a TAM Viagens. O campeonato conta com recursos da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte e apoio do R&A, Gavea Golf e Federação de Golfe do Estado do Rio de Janeiro. O evento é organizado pela Confederação Brasileira de Golfe, com promoção da IMX e é sancionado pelo PGA TOUR Latinoamérica.