01/09/2004

Plínio Guimarães tenta título no Peru


O carioca Plínio Guimarães, do Gávea Golf Club, e Fernando Gullo disputam esta semana no Peru o Campeonato Internacional de Aficionados por Equipes e Individual. A competição acontece pelo 16o ano no Lima Golf Club, e foram convidados jogadores da Argentina, Estados Unidos, Brasil, Inglaterra, Colômbia, Bolívia, Equador, México, Panamá, Peru, Uruguai, Grã Bretanha e Venezuela.

Nesta terça-feira está acontecendo o segundo dia de treinos e, à noite, ocorre a cerimônia de abertura do evento. Os jogos acontecem de quarta-feira a sábado, quando será realizada a festa de encerramento e coquetel de despedida.

As competições por equipes e individuais levam os nomes de:

Copa Manuel Prado (por equipes) – Em 1942, o presidente do Peru, Manuel Prado Ugarteche, ganhou uma copa que leva seu nome e é jogada anualmente com equipes de outros países. Já participaram Inglaterra, Grã Bretanha, Escócia, Holanda, França, Espanha, África do Sul, Canadá, Estados Unidos, México, Guatemala, Porto Rico, Panamá e os 10 países de América do Sul – Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Chile, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela. O campeonato é disputado em 72 buracos, stroke play, na categoria scratch.

Copa Carlos Raffo (individual) – Em 1969, Carlos A. Raffo deu o nome ao torneio, que acontece paralelamente à Copa “Manuel Prado”, em 72 buracos, sem handicap.
O recorde oficial do campo para 72 buracos é de 277 tacadas (11abaixo do par), estabelecido no ano 2000 por Aldo Jordán, do Peru, representando o Lima Golf Club.

O recorde oficial do campo para 18 buracos é de 64 tacadas (8 abaixo do par), de 1995. Quem marcou foi Daniel Antúnez de Mayolo, do Peru, representado o Los Inkas Country Club.