24/10/2004

Final do Mundial 2004


A carioca Mariana De Biase foi um dos grandes destaques conquistando a 19ª colocação no Espirito Santo Trophy, competição feminina do 2004 World Amateur Team Championships, com 294 tacadas (75-75-71-73), 6 acima do par.
A paranaense Patrícia de Carvalho ficou na 95ª colocação com 323 tacadas (81-86-83-76) e Ruriko na 113ª colocação, com 341 tacadas (89-83-86-83).

Na primeira colocação no individual houve um empate entre a paraguaia Julieta Granada (76-72-63-69) e a sueca Karin Sjodin (69-70-71-70), ambas com 280 tacadas (8 abaixo do par).

Na competição por equipe, o Brasil representado por Ruriko Nakamura, pela capitã Elisabeth Nickhorn, Patrícia Carvalho e Mariana De Biase (foto), terminaram na 30ª colocação com 614 tacadas (156-158-154-146), 38 acima do par.

A grande campeã foi a Suécia, que até então vinha em segundo lugar e chegou à grande final se consagrando como a primeira com 567 tacadas (144-141-142-140), 9 abaixo do par, o segundo resultado mais baixo na história do Mundial.
As equipes do Canadá e Estados Unidos ficaram com o segundo lugar com 6 abaixo do par, 570 tacadas, seguidas do Japão, 579.

Entre os dias 28 e 31 de outubro haverá o mundial masculino, e o Brasil estará sendo representado pelo
paulista Roberto Gomez e os gaúchos Octávio Villar e Felipe Lessa.
Richard Conolly será o capitão, e Pedro Cominese, presidente da Confederação Brasileira de Golfe, também integrará a delegação.