18/07/2008

Festa brasileira no Open


Com direito a muita caipirinha, a bateria e passistas de escola de samba e a uma baiana distribuindo fitinhas do Senhor do Bonfim, o Brasil mostrou todo o potencial turístico de seus campos de golfe num jantar em Southport, na Inglaterra. O evento Noite Brasileira antecedeu o British Open, o mais antigo dos torneios que compõem o Grand Slam do golfe mundial, e contou com a presença de ícones do esporte, como Nick Faldo e Paul Azinger, capitães da Ryder Cup do time europeu e americano, respectivamente.

A Noite Brasileira foi fruto de uma parceria da Confederação Brasileira de Golfe e do Bureau Brasileiro de Turismo de Golfe com a Embratur, a IAGTO e a Bahiatursa. Representaram essas entidades Albert Gauss, vice-presidente de desenvolvimento da CBG e coordenador do BBTG, Rachid Orra, vice-presidente operacional da CBG, Luiz Cingolani, presidente da Federação Baiana de Golfe, Emilia Salvador Silva, presidente da Bahiatursa, Michael Nagy, diretor de turismo da CBG, e Peter Walton, presidente da IAGTO.

“Foi uma oportunidade de ouro para divulgar o Brasil como destino turístico para os amantes de golfe. Reunimos a nata do golfe mundial. Ninguém queria ir embora da festa”, disse Gauss, do BBTG. “Avaliamos a iniciativa como um sucesso tremendo”, disse.

A Noite Brasileira reuniu jornalistas do mundo todo, profissionais, amantes do esporte e formadores de opinião. O objetivo foi divulgar o Brasil e seus campos de golfe. Durante o jantar, foi distribuído farto material promocional sobre o golfe brasileiro.

O evento marcou também o lançamento do Golfe do Brasil – Publicação Oficial do Golfe Brasileiro 2008. Em formato revista, traz informações sobre 84 campos de golfe do País em edição bilíngue de 124 páginas. Golfe do Brasil é um dos frutos do convênio entre a CBG e o Bureau Brasileiro de Turismo de Golfe (BBTG) com a EMBRATUR para a divulgação dos campos de golfe brasileiros no exterior. Traz informações sobre localização, horário de funcionamento e característica de campos de golfe espalhados pelo país, além de uma lista das agências de turismo especializadas no esporte.

Nick Faldo, vencedor de seis majors, disse a Gauss que gostou muito da festa e que não vê a hora de conhecer o Brasil. Ele aproveitou para anunciar que a final mundial do Faldo Series, circuito juvenil que ele promove no mundo todo há 12 anos, acontecerá este ano no Brasil, mais especificamente na Costa do Sauípe, em outubro.