01/09/2004

Felipe Lessa e Octavio Vilar, Patrícia Carvalho e Mariana de Biase empatam no Aberto do Estado


No primeiro dia do XXXII Campeonato Aberto do Estado do Rio de Janeiro, os empates marcaram as disputas nas categorias scratch masculino e feminino. Entre os profissionais, o excelente número de tacadas do líder – quatro abaixo do par do campo do Gávea Golf & Country Club – mostrou o ótimo nível do jogo.

A briga pelo título amador masculino começou com os gaúchos Felipe Lessa, o Torito, e Octávio Villar empatados com 71 tacadas. Em segundo, vem o paulista Roberto Gomez, com 72. Logo atrás, os melhores cariocas, Márcio Weber Filho e Eric Brasil, ambos com 73 tacadas.

Entre as mulheres quem largou na frente foi a paranaense Patrícia Carvalho, primeira colocada no ranking nacional, com 75 tacadas, empatada com a carioca Mariana de Biase (foto). Em segundo ficou também carioca Heloísa Barbosa, com 78 tacadas, seguida pela paulista Karen Tibyriça, com 79.

No profissional o líder é o paranaense Carlos Dluhosch, com a excelente marca de 65 tacadas, quatro abaixo do par do campo. Em segundo, empatados, os paulistas Luís Martins e Acácio Jorge Pedro, com 68. Rafael Barcellos (RS) e Eduardo Vasconcelos (RJ – GGCC) estão em terceiro com 69 tacadas.

Outros resultados do primeiro dia do XXXII Campeonato Aberto do Estado do Rio de Janeiro:
– Feminino handicap 0 a 15: 1) Heloísa Barbosa (RJ – GGCC), 71 net; 2) Mariana de Biase (RJ – IGC), 73 net; 3) Karen Tibiriça (SP), 74 net.
– Masculino handicap 0 a 5: 1) Eric Brasil (RJ – IGC), 69 net; 2) Márcio Weber Filho (RJ – IGC), 71 net; 3) Octávio Villar (RS), 71 net.
– Masculino handicap 6 a 9: 1) Luka Barbosa (SP), 71net; 2) Jayme Rocha (RJ – GGCC), 72 net; 3) André Tourinho (RJ – IGC), 73 net.