08/04/2005

Coluna Swing de Guillermo Piernes, nesta sexta, dia 08 abril


Amadores no Mundial

Os golfistas amadores brasileiros passarão a contar a partir deste mês com um incentivo de peso, a possibilidade de participar do ranking e do campeonato mundial de amadores.

O World Amateur Golf Tour (Wagot) é organizado profissionalmente para jogadores amadores de todos os níveis de handicap. Os jogadores amadores brasileiros não tiveram a oportunidade de participar nas três primeiras edições porque o sistema não estava estruturado para o Brasil nem os organizadores com sede nos Estados Unidos tinham chegado a um acordo contratual com uma empresa que atuasse como Country Manager, ou representante para o país.

O Wagot foi criado para que qualquer golfista amador possa chegar a ser Campeão Nacional e Mundial em quaisquer das 9 categorias: scratch, 0 a 9, 10 a 16, 17 a 24, 25 a 36, além de categorias para damas e seniors. Os campeões nacionais disputam a grande Final Mundial, num resort do Caribe, representando seu país por equipe.

Neste ano haverá um circuito brasileiro, que será chamado de WAGOT Tour Brasil. Cada tour nacional consistirá de torneios classificatórios próprios inicialmente marcados nos campos dos clubes São Fernando e Clube de Campo e alguns torneios de instituições que sejam também registrados como torneios Wagot. Os jogadores obterão pontos nestes torneios e poderão acompanhar os rankings e outros torneios pelo sistema eletrônico.
Pela Internet, os cartões registram as atuações de cada jogador associado ao Wagot, nos diferentes torneios. Os dados inseridos num sistema central servem para preparar o ranking de cada país.

As informações completas para associação ao sistema podem ser encontradas nos sites www.wagot.com e no brasileiro www.golfecia.com.br O empresário Diego Blejer e Paulo Pimentel, diretores de 1WGT e da empresa de eventos Golfe&Cia assinaram o entendimento para que Brasil possa ingressar no sistema, a fins de março em São Paulo.

Confira mais detalhes na Gazeta Mercantil, coluna Swing de Guillermo Piernes.