01/09/2004

CAMPEÕES DO XXI ABERTO DA CIDADE COMENTAM VITÓRIAS


O fim de semana foi de comemoração para os golfistas Plínio Guimarães e Heloísa Barbosa, campeões do XXI Campeonato Aberto da Cidade do Rio de Janeiro, que terminou no último domingo, no Gávea Golf Club. Após a cerimônia de premiação, eles deram detalhes sobre seus desempenhos e as estratégias para chegar ao título.

Plínio Guimarães travou um duelo apertado com o paranaense Ivo Leão, líder do primeiro dia de disputa. No sábado, ele teve um desempenho espetacular e fechou a volta com 69 tacadas – par do campo -, abrindo boa vantagem sobre seu adversário. “No primeiro dia não rendi bem, pois o tempo ruim dificultou as jogadas e acabei perdendo um pouco a confiança. Mas sábado fiz uma excelente volta. Estava bem concentrado e consegui abrir uma boa vantagem no buraco 18. Domingo fiz uma volta sólida e joguei com tranquilidade para garantir a vitória”, revelou ele, que participa no próximo fim de semana do Campeonato Internacional de Duplas, também no Gávea.

Já Heloísa Barbosa se valeu do privilégio de estar jogando em casa e de conhecer bem o campo: “Treinar e jogar no mesmo campo é uma vantagem. Conheço bem o green, as dificuldades de cada buraco e isso me ajudou a ter um desempenho consistente. Claro que a sorte também esteve do meu lado, pois joguei contra excelentes adversárias e colegas aqui do Gávea, como a Melinda Pelegrino”, disse.

Os dois campeões foram unânimes em eleger o campo do Gávea como o mais belo do país e um dos mais difíceis: “Esse campo combina relevos de praia e montanha e é altamente técnico. Permite ao golfista praticar várias jogadas diferentes”, avalia Plínio, quen treina no clube de duas a quatro vezes por semana. “Não existe visual como este do Gávea. E o campo está em excelente estado de conservação”, disse ela, que além dos treinos técnicos, faz pilates e corrida para completar sua preparação física.