01/09/2004

Brasil vira e lidera Sul-americano com quatro tacadas de vantagem


Com uma ótima rodada nesta sexta-feira de Felipe Lessa (70 tacadas), jogador que continua sendo o melhor do torneio, e da recuperação de Olavo Batista Filho, que fez 75, o Brasil passou a Argentina e está com quatro tacadas de vantagem, podendo ser campeão neste sábado do XVII Campeonato Sul-americano Pré-Juvenil de Golfe que está sendo realizado no Valparaíso Golf Club, em Viña Del Mar, no Chile.

Os brasileiros, que também têm Leonardo Marengo na equipe, estão com 444 tacadas (151-148-145), enquanto a Argentina soma 448 tacadas (147-149-152). A seguir estão a Colômbia, 456, Chile, 457, Venezuela, 468, Equador, 479, Peru, 495, Paraguai, 498, Bolívia, 499, e Uruguai, 539.

Entre as meninas, as brasileiras Cecília Kleinert, Carla Ziliotto e Fernanda Moura da Silva continuam na 9a colocação após a terceira rodada, com 525 tacadas no total (179-172-174), na frente do Uruguai, com 602. A Argentina manteve a liderança com 459 tacadas, seguida pelo Peru, 464, Colômbia, 469, Venezuela, 494, Paraguai, 495, Chile, 503, Bolívia, 506, e Equador, 510.

Individualmente, o gaúcho Felipe Lessa é o melhor jogador da competição com 211 tacadas (70-71-70), 12 de diferença para o segundo colocado, o argentino Carlos Goya (71-75-77=223). Leonardo continua empatado na sexta colocação com 235 tacadas (81-77-77) e Olavinho subiu para a 9a colocação com 240 tacadas (82-83-75). Entre as meninas, Cecília está em 16o com 264 (89-89-86), Carla em 17o com 265 (90-83-92) e Fernanda ocupa o 19o lugar com 275 (93-94-88). A argentina Agostina Parmigiani passou para a liderança com 224 tacadas (74-77-73).

Os resultados completos estão no site www.chilegolfsud.cl.