21/07/2014

André Tourinho e Clara Teixeira vencem o Amador do Brasil



Os cariocas André Tourinho e Clara Teixeira conquistaram o 84º Campeonato Amador Brasileiro de Golfe, disputado entre os dias 17 e 20 de julho no São Fernando Golf Club, em Cotia (SP). Tourinho precisou de dois buracos extras para confirmar o bicampeonato da competição mais importante do golfe nacional, enquanto Clara conseguiu o título com ampla vantagem em uma dobradinha com a irmã Vitória.
CLIQUE AQUI E CONFIRA OS RESULTADOS COMPLETOS.
Tourinho, representante do Itanhangá Golf Club, que defendia o título ganho em 2013, no Alphaville (PR), jogou dois buracos de desempate contra o argentino Augusto Bruchman, ambos no 18 do São Fernando, para garantir a vitória depois de liderar sozinho as três primeiras rodadas. Os dois haviam somado 287 tacadas no total: Tourinho com prestações de 66/72/74/75 e Bruchmann com 76/73/70/68 tacadas.
"Essa semana foi muito especial para mim. Bicampeão do Amador do Brasil! Foi uma sensação muito diferente e gostaria de agradecer a todos pelo suporte e pela torcida, especialmente minha esposa Maddie, meu filho Gus e minha família pelo suporte diário" declarou o bicampeão, que parabenizou ainda a campeã Clara Teixeira pelo seu primeiro título.
Clara, também do Itanhangá, teve uma vitória soberana, de ponta a ponta, ao totalizar 303 tacadas, com parciais de 72, 82, 71 e 78 tacadas. Vitória Teixeira, que é sua irmã mais nova, somou 318 (79/77/82/80).
"Estou muito feliz! Fiquei próxima do título por dois anos e finalmente me tornei campeã brasileira. Tenho que agradecer a minha família, que sempre me apoiou, além da Confederação Brasileira de Golfe que tem apoiado minha carreira nos últimos anos", comentou Clara.
Na disputa pela 7ª Taça Mário Gonzalez, torneio internacional de duplas que homenageia Mário Gonzalez, um dos melhores golfistas brasileiros de todos os tempos, a equipe brasileira ficou no 3º lugar. Tourinho jogou ao lado do também carioca Pedro Junqueira, outro do Itanhangá, no time do Brasil. Os argentinos, com Bruchmann e Horacio Carbonetti, venceram o torneio, seguidos pelos chilenos.
A edição da competição mais tradicional do país teve validade para ranking mundial de golfe e contou com o patrocínio do HSBC e da Rolex.