02/10/2009

CBG anuncia time para a Copa Los Andes


A Confederação Brasileira de Golfe (CBG) anunciou nesta quinta-feira, dia 1º de outubro, a lista oficial dos golfistas convocados para disputar o 64º Sul-Americano de Golfe – Copa Los Andes, que acontecerá de 23 a 29 de novembro no Yatch y Golf Club Paraguayo, localizado em Lambaré, no Paraguai. Trata-se de uma das mais importantes e tradicionais competições de golfe amador do continente.

A equipe masculina será formada pelo carioca Felipe Navarro (primeiro colocado no ranking nacional masculino), pelos paranaenses Daniel Stapff (atual campeão brasileiro) e Ivo Leão (terceiro colocado no ranking nacional masculino) e pelos paulistas Guilherme Oda (segundo colocado no ranking nacional masculino) e Rafael Becker (atual bicampeão brasileiro juvenil). O capitão do time será o gaúcho Octavio Villar.

Já a equipe feminina será composta pelas paulistas Cecília Kleinert (que atualmente joga na NCCA, uma das principais ligas universitárias de golfe dos EUA), Nathalie Silva (primeira colocada no ranking nacional feminino) e Livia Amado (que atualmente joga nos EUA), pela catarinense Geandra Zimmer (quarta colocada no ranking nacional feminino) e pela carioca Clara Teixeira (primeira colocada no ranking nacional juvenil feminino). A capitã do time será a paulista Lucia Guilger.

“É um dos times brasileiros mais fortes dos últimos tempos”, analisa Vicky Whyte, vice-presidente técnica da CBG, e que acompanhará o grupo como delegada da equipe. John Byers, diretor de regras da CBG, também irá junto com a delegação como árbitro convidado pela Federação Sul-Americana de Golfe.

Inaugurado em 1981, o campo do Yatch y Golf Club Paraguayo já foi sede de grandes torneios internacionais, como duas edições da própria Copa Los Andes (em 1989 e 1999) e cinco edições do Tour de Las Américas, na década de 90.

O 64º Sul-Americano de Golfe – Copa Los Andes conta com o patrocínio e apoio do R&A, Federação Sul-Americana de Golfe, Associação Paraguaia de Golfe, Yatch y Golf Club Paraguayo, Asismed, Universidad del Pacífico, Portal tododeportespy.com e Claro.

História – No ano passado, quando a Copa Los Andes foi disputada no Uruguai, o Brasil terminou a competição em quinto lugar no masculino e sexto no feminino.

Na ocasião, o time dos homens era formado por Felipe Lessa, Daniel Stapff, Roberto Gomez, Rafael Becker e Felipe Navarro, com Octávio Villar como capitão. Entre as damas, a equipe feminina foi composta por por Karina Palmberg, Nathalie Silva, Ana Maria Guimarães, Isadora Stapff e Petra Bogoslavsky. A capitã do time foi Lucia Guilger

Já em 2007 o Brasil terminou na quinta colocação entre os homens e na sétima posição entre as mulheres.

A competição – O torneio existe desde 1944, quando começou apenas como um embate entre chilenos e argentinos. Em 1950, o Brasil passou também a participar do campeonato. Atualmente, a Copa Los Andes conta com a participação de nove países da América do Sul – o último colocado de cada ano deixa de disputar o evento no ano seguinte.

Cada uma das nações sedia o campeonato a cada dez anos. A última vez que o Brasil sediou a competição foi em 2002, quando a delegação brasileira venceu nas duas categorias no Gavea Golf & Country Club, no Rio de Janeiro. Foi também a última vitória brasileira. No total, o time masculino brasileiro já campeão sete vezes; o feminino, dez vezes.

Formato – A Copa Los Andes é uma disputa de match play de 36 buracos diários. Cada equipe enfrenta diariamente dois países, com duas partidas de duplas pela manhã e quatro individuais à tarde. Cada partida distribui 2 pontos ao ganhador, 1 ponto em caso de empate e nenhum em caso de derrota – esses são os chamados “pontos pequenos”. A cada dia, portanto, estão em jogo 12 pontos pequenos. A equipe que soma pelo menos 7 pontos pequenos no dia ganha 2 pontos grande; quem faz 6 pontos pequenos na rodada (ou seja, quem empata) ganha apenas 1 ponto grande; quem perde não ganha nenhum ponto grande.

Fonte: CBG