01/09/2004

Candy descansa e treina no Rio


Enquanto se prepara para encarar o maior desafio de sua carreira, a carioca Maria Cândida Hannemann relaxa e treina no Rio de Janeiro. Aos 23 anos, Candy fica no Brasil até o final de janeiro, quando embarca de volta para Miami para disputar o LPGA Tour – Ladies Professional Golf Association, a liga feminina de golfe profissional dos Estados Unidos.

A temporada 2004 começa em fevereiro. Cândida entrou para o seleto grupo do LPGA após disputar o Futures Tour do ano passado. Logo na primeira vez que disputou o torneio classificatório ficou em terceiro lugar e conquistou uma das cinco vagas para a liga principal, que só este ano distribuiu mais de 35 milhões de dólares.

“Estou muito animada, a expectativa é a melhor possível. Faz tempo que não jogo, não disputo um torneio, mas tenho treinado muito e aqui no Brasil. Por mais que a intenção seja descansar, não vou deixar de treinar”, diz a atleta, que tem utilizado o green do Gávea para manter as tacadas em dia. Candy treina em Miami com o professor John Webster no Toral Golf Resort.

Candy é considerada uma das melhores jogadoras amadoras que o Brasil já teve. Foi campeã brasileira adulto e juvenil, e campeã sul-americana individual e por equipes. Em 1997 ganhou uma bolsa de estudos para atletas e foi para os Estados Unidos, estudar Relações Internacionais na Duke University, na Carolina do Norte. Pela faculdade foi campeã individual e por equipes da NCAA – National College Athletic Association, a liga universitária norte-americana. Foi escolhida National Player of The Year em 2001 e incluída no All American Hall de 2000 a 2002.

Se profissionalizou em junho de 2002 e desde então já ganhou dois títulos: o Hunters Oak Futures Classic e a última etapa do Futures Tour 2003. Por tudo isso, é hoje apontada pelos especialistas como a maior promessa que o golfe brasileiro já teve.

Quem está gerenciando a carreira profissional de Candy é a badalada IMG, agência que cuida de ‘feras’ como Tiger Woods, as irmãs Venus e Serena Williams, do tênis, e a brasileira Gisele Bündchen.