09/02/2007

Um acima do par


Garra. Esta pode ser considerada a mais nova definição para o profissional carioca Philippe Gasnier (foto). Ao viajar para a Costa Rica, Philippe perdeu todas as suas malas, inclusive sua bolsa de tacos. Mas isto não foi o suficiente para fazer o carioca desistir de competir.

Mesmo sem fazer o reconhecimento do campo (tentando resolver o problema com as malas) e sem seus tacos, Philippe abriu bem sua temporada 2007 ontem com o Costa Rica Open. Jogando com roupas e equipamento emprestados, ele somou no primeiro dia de comeptição 72 tacadas, um acima do par do campo do Cariari G.C – onde o torneio está sendo realizado.

O líder do campeonato é o inglês Robert Dinwiddie. Com apenas 24 anos e jogando como profissional desde Setembro, Robert somou 65 tacadas, seis abaixo. Com uma tacada de diferença, os argentinos Gustavo Acosta e Fabian Gomez dividem a segunda posição.

O Costa Rica Open, que acontece até domingo, distribui $ 175,000 em prêmios e é mais um evento do TLA co-sancionado com o Challenge Tour Europeu.