20/03/2016

Curso do R&A acontece em abril no Campo Olímpico e Itanhangá


A Confederação Brasileira de Golfe (CBG) e o R&A realizam de 26 a 28 de abril o Curso Nível 3 de Administradores de Torneios e Escola de Árbitros do Royal & Ancient Golf Club of St. Andrews. O evento vai acontecer no Itanhangá Golf Club e no Campo Olímpico de Golfe, no Rio de Janeiro. É o mesmo curso que é realizado anualmente em St. Andrews, na Escócia, em fevereiro.
O curso não é voltado apenas para quem já fez o Curso Nível 2, mas também para aqueles que já atuam como árbitros ou que estudam o assunto e para as pessoas que estejam envolvidas na organização de campeonatos de diversos níveis, como capitães de clubes, starters e profissionais de golfe. As inscrições já estão abertas e devem ser feitas pelo site da CBG (link http://www.cbg.com.br/?page_id=7088&cod_torneio=310), custam R$ 600 e incluem os livros de Regras e Decisões em inglês ou português, almoço, coffee break e transfer do hotel oficial aos locais do curso.
O R&A irá oferecer uma recepção para todos os participantes e convidados no dia 27 de abril, em local a ser informado.
O curso será ministrado por David Bonsall, presidente do Comitê de Regras do R&A, Neil McConachie, vice-presidente do Comitê, Kevin Barker, diretor do Working for Golf, e Shona McRae, diretora assistente de Regras do R&A. O curso, filmes e trabalhos práticos serão em inglês, com tradução simultânea.
Mais do que discutir as Regras do Golfe, a ênfase do Curso será na preparação de Torneios de Golfe, na preparação do campo, da Comissão de Regras, do horário de saída e da recepção dos cartões de escores, suspensão do jogo e desocupação do campo, e a Arte da Arbitragem, incluindo demonstração prática no Campo Olímpico.
Parte importante do curso será o exame, que poderá ser completado em inglês ou português, e que trata das Regras 1 a 34 e se baseia nos livros Regras de Golfe de janeiro de 2016 e Decisões sobre as Regras do Golfe 2016-2017. O nível para aprovação é de 60%. Embora o exame do Nível III seja opcional, ele é considerado parte importante do curso e é recomendado que os participantes o façam.