01/09/2004

Eric Anderson joga novamente abaixo do par e vence o Aberto do Estado


Com uma excelente performance no terceiro dia de competição, três tacadas abaixo do par, o carioca Eric Andersson foi mais uma vez o melhor em campo e garantiu o título do XXXII Campeonato Aberto do Estado do Rio de Janeiro. O profissional do Itanhangá Golf Club somou um total de 200 tacadas nos três dias de torneio (70 / 64 / 66) e faturou R$20.630 do total de R$ 75 mil distribuídos pelo Diners Club Golf Tour. O campeonato, realizado no Gávea Golf & Country Club (par 69), contou pontos para os rankings nacional e estadual.

Em segundo lugar no profissional ficou Fabiano dos Santos, de São Paulo, com 205 tacadas (70 / 69 / 66), seguido pelo também paulista João Corteiz, com 209 (73 / 65 / 71). “É bastante gratificante vencer um torneio com um score assim, principalmente porque, devido às aulas que dou no Itanhangá, quase não tenho tempo para treinar”, declarou o vencedor, de 34 anos, 13 deles como profissional.

Entre os amadores, o gaúcho Felipe Lessa e a paranaense Patrícia Carvalho mostraram porque estão entre os melhores do Brasil – Patrícia é a primeira do ranking nacional e Felipe, o segundo.

Os três primeiros colocados do masculino scratch foram gaúchos. Felipe, de apenas 16 anos, terminou o torneio com 215 tacadas (71 / 75 / 69). Logo atrás ficou Tiago Silva, com 219 (78 / 70 / 71). Em terceiro, Fernando Guimarães, com 222 tacadas (78 / 71 / 73).

No feminino Patrícia Carvalho completou os três dias de competição com 220 tacadas (75 / 71 / 74). Em segundo ficou a carioca Mariana de Biase, com 222 (75 / 73 / 74), seguida por Cristina Gugler, que fez 232 (80 / 77 / 75).

Outros resultados finais do XXXII Campeonato Aberto do Estado do Rio de Janeiro:
– Feminino handicap 0 a 15: 1) Mariana de Biase (RJ), 216 net; 2) Heloísa Barbosa (RJ), 216 net; 3) Cristina Gugler (RJ), 217 net
– Masculino handicap 0 a 5: 1) Marcelo Gullo (SP), 212 net; 2) Aldo Wolf (RS), 213 net; 3) Mário Gonzales Filho (RJ), 216 net
– Masculino handicap 6 a 9: 1) André Tourinho (RJ), 214 net; 2) Luka Barbosa (SP), 218 net; 3) Rodrigo Vasconcellos (RJ), 223.