17/11/2018

Daniel Ishii mantém a liderança isolada do LVI Aberto do Itanhangá



Daniel Kenji Ishii ampliou sua vantagem na liderança do LVI Campeonato Aberto do Itanhangá Golf Club, após a rodada jogada neste sábado, dia 17, na Barra da Tijuca (RJ). A edição que marca a estreia oficial do novo percurso, remodelado pelo arquiteto Agustin Pizá, segue até o próximo domingo e conta pontos para três rankings: mundial, nacional e estadual.

CONFIRA AQUI OS RESULTADOS COMPLETOS.

Kenji, representante do clube anfitrião, fez uma volta 69 (-2) tacadas na segunda rodada para somar 136 tacadas e abrir quatro de vantagem sobre Lucas Park, do Paradise (SP), que soma 140 tacadas, com duas voltas de 70 tacadas. Em seguida, com 144 (70/74) tacadas, aparece Matheus Park, do Paradise (SP). Breno Domingos, do Japeri (RJ), é o quarto colocado, com 146 (72/74) tacadas, seguido por Thor Salén, da casa, fechando o top 5 com 148 (75/73) tacadas.

Os participantes da categoria scratch jogam 54 buracos, de sexta a domingo, enquanto os competidores das demais categorias jogam 36 buracos, no sábado e domingo.

Gabriel Bragança, do São Paulo (SP), lidera a categoria até 8,5 de índex. Entre os participantes de índex 8,6 a 14, Márcio Weber e Alípio Ferreira, do Itanhangá, dividem a primeira colocação. Na categoria de índex 14,1 a 22,1, vitória parcial de Mauro Bayout, do Itanhangá. Diego Ortega, da FGERJ, está na frente da categoria de índex 22,2 a 29,3.

CONFIRA AQUI OS HORÁRIOS DE SAÍDA DO DIA 18.

O LVI Campeonato Aberto do Itanhangá Golf Club conta com o patrocínio da Promenade – Hotéis & Aparts, do fabricante de relógios Omega e da Federação de Golfe do Estado do Rio de Janeiro. A edição tem ainda o apoio dos charutos La Cubanita.

A remodelação da segunda volta do campo de golfe do Itanhangá ficou a cargo do mexicano Agustín Pizá, único latino-americano membro do Instituto Europeu de Arquitetos de Campos de Golfe. Os 18 buracos passaram a ser jogados no par 71, com a alteração no antigo buraco 11, agora o 13, que trocou de par 5 para 4.

O novo circuito, com a modernização realizada, trouxe de volta o traçado original projetado pelo canadense Stanley Thompson. A equipe da Pro Golf, que também fez o Campo Olímpico, ficou responsável pela execução das obras, com a coordenação de Antônio Lins, o Head Pro do Itanhangá.