24/11/2006

Competição disputada


Equipe feminina joga muito bem no segundo dia e ganha uma posição, subindo para a quarta posição, enquanto o time masculino desce para a quinta colocação, do 61º Campeonato Sul-Americano de Golfe – Copa Los Andes, disputado no Lima Golf Club, no Peru.

Argentina e Chile continuam liderando o torneio masculino, ambos com 8 pontos, seguidos pela equipe do Peru e da Colômbia, com 6 pontos cada. Os meninos do Brasil ocupam a quinta posição, somando 4 pontos, contra 2 pontos de Equador e Bolívia, em sexto lugar. Venezuela o Uruguai permanecem com zero.

A equipe masculina conseguiu uma vitória e uma derrota no dia de ontem, após vencer o Equador por oito a quatro e perder da Colômbia por nove a três. Contra os equatorianos, a dupla formada pelos paulistas Guilherme Oda e Roberto Gomez, superou Juan Antonio Serrano e Esteban Calisto por três a um. O gaúcho Felipe Lessa fez dois a um em Eduardo Perez, o paulista Roberto Gomez venceu por cinco a três Serrano e o destaque brasileiro, o paulista Rogério Bernardo, ganhou mais uma vez, por seis a quatro contra Pablo Roldos.

Contra a Colômbia a vitória foi de Rogério Bernardo, que superou por dois a um o colombiano Manuel Villegas. Já Roberto Gomez ficou no empate com Julian Colmenares.

As argentinas continuam lideres da disputa feminina, com 7 pontos. Peru e Colômbia vêm em seguida, com 6 pontos cada, contra 5 pontos do Brasil e do Chile, que aparecem em quarto. O Paraguai se encontra em sexto lugar, com 4 pontos, e o Uruguai em sétimo, com 3 pontos. Equador e Bolívia estão com zero.

As brasileiras ganharam de doze a zero contra a Bolívia, com vitória em todos os confrontos, e empatou por seis a seis com as uruguaias. No desafio contra as bolivianas, a dupla formada pela gaúcha Cristina Baldi e a paranaense Isadora Stapff, derrotou Lucia Gottret e Natalia de La Fuente por quatro a dois.Patrícia Carvalho e a carioca Mariana de Biase (foto) venceram a dupla formada por Susana Benavides e Ana Melgar por 2 a zero.

No individual, a gaúcha Bruna Spengler superou Ana Melgar por cinco a três, Patrícia Carvalho ganhou de Susana Benavides por 2 a zero, Isadora Stapff venceu Natalia de La Fuente por cinco a quatro e Cristina Baldi fez três a um em Lucia Gottret.

Contra o Uruguai, Cristina Baldi e Isadora Stapff venceram Agustina Saenz e Maria Clara Sole por três a dois, Patrícia Carvalho derrotou Maria Sole por dois a um e Isadora Stapff ganhou de Maria Clara Fornella por 2 a zero.

O Brasil é representado pelos jogadores Roberto Gómez (SP), Maximo Kopp (PR), Guilherme Oda (SP), Rogério Bernardo (SP), Felipe Lessa (RS) e o capitão Otávio Villar (RS), na equipe masculina, e Mariana de Biase (RJ), Patrícia Carvalho (PR), Cristina Baldi (RS), Isadora Stapff (PR), Bruna Spengler (RS) e a capitã Maria de Lourdes Verlangieri (RS), na disputa entre as mulheres. As equipes são delegadas por Luiz Arthur Guimarães Filho, de São Paulo.