16/04/2010

BRASIL ENCERRA EM 16º LUGAR NO PERU


A dupla brasileira, composta pelo paulista Luiz Jacintho, primeiro colocado do ranking nacional amador juvenil, e pelo carioca Guy Bragança, décimo lugar no ranking nacional amador adulto, encerrou neste sábado 17 a última rodada do 22º Campeonato Internacional de Aficionados – Copa Carlos Raffo /Copa Manuel Prado, em Lima, no Peru. Os jogadores, que foram convocados pela Confederação Brasileira de Golfe, somaram 604 tacadas (152/143/159/150) na classificação por equipes e terminaram a competição na 16ª posição.

A primeira colocação da disputa por equipes, batizada de Copa Manuel Prado, ficou com o time argentino, composto pelos jogadores Martin Kim e Jorge Fernandez, com um total de 573 tacadas (143/142/144/144), ou três abaixo do par do campo do Lima Golf Club, um par 72 de 6.950 jardas que em 2010 completa 86 anos de fundação. “O campo é fantástico, em excelentes condições. O nível dos jogadores no torneio foi altíssimo. Aqui estiveram os melhores argentinos, ingleses, canadenses, espanhóis”, afirma Luiz Jacintho.

Na competição individual, Copa Carlos Raffo, o paulista Luiz Jacintho foi o melhor brasileiro em campo terminando empatado no 23º lugar, com 298 tacadas (78/71/77/72). O carioca Guy Bragança ficou em 40º lugar, com 306 tacadas (74/72/82/78). O campeão individual foi o argentino Jorge Fernandez, com 278 tacadas (72/68/69/69).

A competição, composta de 72 buracos, sendo 18 por dia, foi formada de dois torneios simultâneos. Um é a Copa Carlos Raffo, de onde saiu o vencedor individual da prova. E o outro, a Copa Manuel Prado, que definiu a dupla campeã.

Sobre o torneio – O tradicional torneio amador na região, mais conhecido pelos peruanos como Aberto do Lima Golf Club, é disputado no próprio Lima Golf Club e ocorre há 22 anos.

O nome da disputa individual é uma homenagem a Carlos Raffo, que ganhou um torneio com seu nome em 1969. Raffo foi embaixador no Peru junto a vários países e atualmente atua dentro do governo local. Ele é pai de Maria Julia Fyfe, golfista que durante cerca de 10 anos foi sócia do Gávea Golf Club, no Rio de Janeiro.

Já a Copa Manuel Prado foi batizada com o nome do ex-presidente do Peru, Manuel Prado Ugarteche, em 1942. Até hoje, o torneio já contou com a participação de equipes de países como Inglaterra, Grã Bretanha, Escócia, Holanda, França, Espanha, África do Sul, Canadá, Estados Unidos, México, Guatemala, Porto Rico, Panamá e 10 países da América do Sul – Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Chile, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

Brasil na competição – Em 2009, na 21ª edição da prova o Brasil foi representado pelos jogadores Felipe Lessa (RS) e Tomas Pimenta Pinheiro (MG). Na ocasião, a equipe brasileira ficou na 18ª posição, com 616 tacadas, parciais de 150/155/149/162. Os vencedores foram os chilenos Filip Timmerman e Matías Domínguez, com 575.

Na disputa individual, Lessa terminou em 35º, com 307 tacadas (76/77/75/79) e Pinheiro ficou uma posição atrás, com 309 (74/78/74/83). O vencedor foi o costa-riquenho Álvaro Ortiz, com 276 (69/68/68/71).

Um ano antes, Felipe Lessa também entrou em campo para representar o Brasil neste mesmo desafio ao lado de Lorenzo De La Rua (SP). A dupla brasileira ocupou a 11ª colocação, com um total de 610 tacadas. Na prova individual, Lessa terminou na quinta colocação com 292 (77/72/70/73), enquanto De La Rua ficou na 44ª, com 318 tacadas.

Fonte: CBG